Como subir escada de bike

Como subir escada de bike,

Dicas

0

Não precisa ser atleta do Biketrial para encarar uma escada!

Para subir escadas com a bike é necessário treinamento e habilidade, e se você não é um piloto de Biketrial, que está acostumado com esse tipo de obstáculo, é melhor ir com calma, pois a MTB tem o quadro muito mais alto, o selim também é alto, coisa que a Biketrial nem tem, e tem muita gente pedala com pedais de encaixe, que podem ser perigosos para isso se você se desequilibrar.

img-Subindo_Escadas_MTB_01

Não basta ter fôlego para encarar as competições atuais de MTB, elas exigem também habilidades.

img-Subindo_Escadas_MTB_02

Quadro e selim altos limitam algumas manobras na MTB, que podem ser até perigosas com os pés presos nos pedais..

img-Subindo_Escadas_MTB_BMT

Comparando os desenhos da MTB e da Biketrial, nota-se grande diferença de geometria e espaço para o atleta se movimentar.

ESCADA PEQUENA
Primeiro vamos avaliar a bike utilizada para isso. Ela pode ser uma MTB aro 26, mas as aro 29 levam vantagem pelo tamanho da roda, elas sentem menos a altura do degrau. Se a bike for uma fullsuspension ela pode filtrar parte das pancadas e se a escada tem de 3 a 7 degraus dá pra passar atropelando, aliás essa quantidade de degraus dá encarar até sem suspensão nenhuma.

img-Subindo_Escadas_MTB_03

Escadas com poucos degraus podem ser literalmente “atropeladas”.

img-Subindo_Escadas_MTB_04

Não é um Bunny Hop, mas encolha as pernas para ajudar a roda traseira subir.

img-Subindo_Escadas_MTB_05

Esse tipo de treino capacita o atleta a enfrentar trechos técnicos nas provas.

Neste caso o importante é apoiar logo a roda dianteira lá em cima, no último degrau, e com um jogo de corpo, você puxa a roda traseira para cima.
Mas tome cuidado, para não deixar a roda traseira se chocar com muita força no primeiro degrau, isso pode furar seu pneu! Na entrada é necessário fazer o alívio de corpo, não chega a ser um Banny Hop, é uma encolhida nas pernas, e os pedias de encaixe ajudam muito nessa hora!

DEGRAUS LARGOS
Se a escada tem degraus largos é mais fácil, dá subir um pouco mais rápido, mas você tem que ter coordenação motora, alternando puxadas no guidão e mini pedaladas.
Nesse tipo de escada a bike não pode bater nos degraus com nenhuma das rodas, se isso acontecer o movimento de avanço é interrompido, e com a bike parada, você só se salva com as técnicas do biketrial.

img-Subindo_Escadas_MTB_06

Quando a escada tem degraus largos e baixos, dá pra subir com mais velocidade usando mini pedaladas e puxadas no guidão.

img-Subindo_Escadas_MTB_07

Esse tipo de escalada pode ser mais rápido que subir carregando a bike!

img-Subindo_Escadas_MTB_08

ESCADA LARGA
Uma escada larga que ocupa uma grande área pode ser transposta de outra forma, lateralmente!  Quem consegue subir uma calçada movimentando 1 roda de cada vez tem condições de fazer isso com um pouco de treino.
Aqui o importante é entrar na escada com a bike de lado, subindo uma roda de cada vez em cada degrau, a bike vai avançando quase paralela aos degraus enquanto sobe.

img-Subindo_Escadas_MTB_09

Quando a escada é larga, suba uma roda de cada vez em cada degrau, avançando mais para o lado do que para cima.

img-Subindo_Escadas_MTB_10

OUTRAS TÉCNICAS
Nesta mesma escada dá pra usar outras duas técnicas, uma delas é conhecida como caranguejo, a bike não avança em diagonal, com os freios acionados, ela vai subindo com o movimentos laterais individuais de cada roda, requer concentração e habilidade.

img-Subindo_Escadas_MTB_11

Use pedais plataforma para treinar essa escalada, ela exige muito equilíbrio!

A segunda técnica é a mesma usada pelos atletas do Biketrial, com a bike de lado ou de frente, freios travados e muito fôlego. Você escala cada degrau aos pulos, levando seu peso e o da bike. Algumas escadas podem ser escaladas de frente, desde que as rodas da frente e de trás estejam bem apoiadas, sem ficar batendo na quina do degrau.

img-Subindo_Escadas_MTB_12

Na escalada padrão do Biketrial, trave os freios e avance para cima aos pulos. A mesma técnica é usada no MTB para superar pequenos trechos acidentados ou enlameados.

Quando o degrau é estreito, é melhor posicionar a bike a 45º, e você pode escolher colocar as rodas da bike no 1º e no 2º degraus ou no 1º e no 3º, de acordo com o desenho da escada.

img-Subindo_Escadas_MTB_13

img-Subindo_Escadas_MTB_14
Subir escadas é uma conquista pessoal para cada ciclista, um desafio e tanto, chame uns amigos e tente, de repente aparece uma escada natural ou artificial no seus treinos ou provas, com treino, garanto que você sobe!

Bom Pedal!

Tags: , , , , , , , , , , ,

Sobre o Autor

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Deixe uma resposta