Como pedalar na chuva

Como pedalar na chuva,

Dicas, Videos

0

Usar a bicicleta com tempo bom é uma coisa, mas e pedalar na chuva,?

Muitos ciclistas encaram o desafio, já outros, desistem no momento em que cai a primeira gota de chuva.
Frio, desconforto, perigos, tudo isso pode te desencorajar, mas fique atento a estas dicas de como pedalar na chuva, na cidade.
Com relação a vestimenta,  ao contrário dos dias com tempo firme, na chuva é necessário usar roupas especiais, que te mantenham seco mas que também respirem, pois não adianta impermeabilizar o corpo por fora e ficar suando por dentro.

img-Pedalando_na-_Chuva_10

Nesse caso a corta vento não vai te ajudar, ela aguenta no máximo uma garoa fraca. Escolha uma capa de chuva com ventilação, e por baixo, use uma camiseta ou agasalho segunda pele se fizer frio.
Para as pernas não dá pra fazer muita coisa, não vale a pena cobrir com uma calça impermeável seria desconfortável, use uma bermuda leve que não fique pesada quando molhada, e se estiver indo trabalhar, leve suas roupas protegidas em uma mochila impermeável ou estanque.
Lembre-se, as pernas estarão fazendo exercício e isso as manterá aquecidas.

img-Pedalando_na-_Chuva_11

img-Pedalando_na-_Chuva_12

Para calçar, o tênis ou sapatilha, mas as meias podem ser a prova d’água, ou você pode usar as meias comuns e uma sacola plástica por fora, pois pedalar com os pés gelados é muito desagradável, e o mesmo vale para as mãos, mas aí, só luvas mesmo. Dá pra impermeabilizar luvas com aqueles sprays para impermeabilizar sofás e estofados.

img-Pedalando_na-_Chuva_02

Meias impermeáveis ajudam no conforto dos pés, mas uma sacola plástica por cima da meia seca também resolve!
img-Pedalando_na-_Chuva_13

Nos períodos de chuva, quem usa a bike para ir ao trabalho pode levar roupas e equipamentos em uma mochila a prova d’água.

É muito importante proteger os olhos dos detritos lançados pela roda da frente da bike, por veículos, e também da própria chuva, por isso os óculos são indispensáveis mesmo sem chuva. Se você não pode gastar muito com isso, use pelo menos os óculos de segurança do tipo EPI, que também é barato e tem alguns com visual mais moderno.

img-Pedalando_na-_Chuva_04

Proteja os olhos sempre, mais ainda se estiver chovendo, pois a roda dianteira sempre joga detritos no rosto do ciclista.

Pedalando
Na rua, ao pedalar na chuva todo cuidado é pouco, a bike e o freio podem escorregar, pedale com mais atenção e tome distância do veículo a sua frente, pois um buraco coberto de água pode te surpreender.
A aderência fica prejudicada, e se a sua bike tem pneus slick ou com cravos altos, muita atenção com as curvas e calçadas. Neste caso, o pneu ideal é o misto, com cravos baixos, como você pode conferir na segunda foto logo abaixo.

img-Pedalando_na-_Chuva_01

img-Pedalando_na-_Chuva_06

Preste bastante atenção no piso, principalmente paralelepípedo e piso de cimento queimado, eles escorregam mesmo, e fique ligado nas lajotas, piso vitrificado e porcelanato, esses quando estão molhados, derrubam mesmo! Fique atento às canaletas na emenda das ruas, já mostramos em neste outro vídeo como elas são perigosas no seco, imagine então quando encobertas pela água.
Cuidado também com bueiros, grades, bocas de lobo e bueiros sem tampa, evite pedalar muito próximo da calçada,  e muito menos em trechos alagados.

img-Pedalando_na-_Chuva_14

Cuidado ao atravessar trechos alagados, não dá para ver o que tem embaixo d’água!

img-Pedalando_na-_Chuva_07

Canaletas, placas de aço e faixas pintadas ficam muito escorregadias na chuva, cuidado com elas, principalmente em postos de gasolina.
img-Pedalando_na-_Chuva_05

A canaleta de junção entre duas ruas é perigosa até sem chuva, imagine então ela coberta pela água!

img-Pedalando_na-_Chuva_03

Algumas calçadas também derrubam ciclistas quando estão molhadas, lajotas, caquinhos, piso vitrificado, porcelanato e até cimento queimado podem ser perigosos!

Se a chuva engrossar e você decidir parar, não faça isso embaixo de árvores, elas atraem raios, e você pode ser atingido pela descarga elétrica mesmo que o raio não caia na árvore que está te “protegendo”.

img-Pedalando_na-_Chuva_08

Quando voltar para casa, lave todo seu equipamento, capacete, tênis, luvas, e na primeira oportunidade, coloque tudo no sol para secar, inclusive a bike, mas não deixe ela no sol o dia inteiro, algumas horas já bastam. Faça manutenções periódicas, e não esqueça de colocar óleo na corrente.

img-Pedalando_na-_Chuva_09

Tomando esses cuidados, com certeza você chega no seu destino entes dos carros e dos ônibus, e inteiro, mesmo ficando molhado!
Bom pedal!

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Sobre o Autor

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Deixe uma resposta