Open Paulista de Downhill

Open Paulista de Downhill,

Curiosidades, Eventos

0

DH, o lado selvagem do MTB

A Pedaleria foi para o interior de São Paulo par ver de perto o Downhill, uma modalidade que põem a prova os nervos e a força física dos participantes.

img-Open_Pta_DH_02

Saltos – Dependendo do desenho, as pistas podem ter pontes e rampas para saltos espetaculares.

img-Open_Pta_DH_05

Estes troncos tem a função de reduzir a velocidade dos participantes, para iniciar o trecho de mata fechada, mais escuro e sinuoso.

O Downhill é um esporte derivado do MTB, usa bicicletas especiais, mais pesadas e resistentes que os modelos para outras modalidades, elas tem suspensões nas duas rodas com pelo menos 8 polegadas de curso, e as pistas são cheias de saltos, degraus, curvas de parede, pedras e troncos.

img-Open_Pta_DH_04

Haja braços! Costelas com a exata distância do entre eixos da bike!

Neste esporte, as pistas podem ser naturais, com trechos escolhidos nas montanhas, podem ser construídas em terreno inclinado, mas também podem ser artificiais, como a descida das escadarias do Mente Serrat em Santos.
Existe também o 4X, uma prova que se assemelha ao BMX, onde 4 pilotos descem ao mesmo tempo, e em todas elas, a diferença de tempo entre os participantes na chegada pode ser de alguns segundo ou até mesmo décimos de segundo.

img-Open_Pta_DH_08

Na rampa de acesso a largada é formada a longa fila de competidores.

img-Open_Pta_DH_01

Nas provas com descidas individuais, a cronometragem é bem precisa, semelhante ao sistema usado nas descidas de esqui na neve nos campeonatos.

Na maioria das provas, as descidas são individuais, onde o tempo é cronometrado a partir da largada, quem descer no menor tempo é o vencedor. Essa competição é aqui é o Open Paulista de Downhill, estamos no Ski Mountain Park em São Roque, 70Km de São Paulo.

img-Open_Pta_DH_09

Categoria feminina – a primeira a largar!

img-Open_Pta_DH_06

O pequeno Rock Garden foi ignorado pela maior parte dos competidores, o desenho da pista ajudava no salto sobre as pedras.

img-Open_Pta_DH_07

Como curiosidade, a primeira prova de Downhil aconteceu em Fairfax na Califórnia em 1976, onde 10 ciclistas participaram da prova com bicicletas tipo Cruiser, muito parecidas com as Beach Bikes de hoje. Para descer 400 metros da prova, eles levaram cerca de 5 minutos, e cada descida eles eram obrigados a trocar todo o mecanismo do cubo traseiro, as bikes tinha freio centra pedal, e derretia tudo!

img-Open_Pta_DH_03

Após cada descida, os competidores voltavam para a área da largada com um caminhão de resgate.

As suspensões duplas, freios a disco e materiais especiais para construir quadros e componentes, só apareceu na década de 90, e hoje essas bikes são verdadeiras jóia, muito rápidas e sofisticadas, embora na maioria das provas exista a categoria “rabo duro”, para bikes com apenas suspensão dianteira.

Bom Pedal!

 

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Sobre o Autor

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Deixe uma resposta