Novas transmissões para MTB

BNR-Novas_Relacoes_de_Marcha
Novas transmissões para MTB,

Curiosidades, Novidades

50

Novas transmissões para MTB, mais força e menos peso

As coroas triplas no pedivela são a marca registrada do MTB, ou eram, já que o mercado foi inundado com bicicletas de 2 e até uma única coroa (Single Ring). A americana Sram investiu milhares de dólares em pesquisas, testes e produtos, despejando no mercado seus grupos 1×10, 2×10 e 1×11, criando um novo conceito e mudando a cara do Mountain Bike. A alegação de que sistemas de marcha mais simples ajuda os ciclistas a manterem o foco e a concentração é válida, pois “menos é mais”, e no caso da coroa única é menos ainda, pois uma bike sem câmbio e alavanca de mudanças, sem coroas e parafusos extras já fica meio quilo mais leve.

img-Orbea_Sram_XX1

A espanhola Orbea acredita no potencial da coroa única, equipando sua XC com Sram XX1.

Há quem resista a essa tendência, alegando falta de marchas para enfrentar subidas fortes ou descidas mais apimentadas, já que dependendo da escolha pode melhorar a primeira opção em detrimento da segunda, tomando por exemplo uma 29” equipada com coroa 36 e Super Cog 42, onde 1 volta no pedivela dá 0,857 de volta da roda traseira, considerada marcha pesada para certas subidas, e para velocidade máxima (36×11) onde cada volta no pedivela rende 3,272 voltas na roda, uma boa relação.

Micro-Drive

Atualmente Sram, Specialized e Hope Engeneering trabalham na criação e aperfeiçoamento de novas relações para Mountain Bike, como a Micro-Drive e aplicações de Cogs de 9 dentes nos cassetes de XC, All-Mountain e Downhill. A Specialized lidera na utilização de relações 2×10, 1×10 e Cogs de 9 dentes em seus projetos, rodando por exemplo com cassetes de 6 velocidades Micro-Drive nas bikes de Downhill desde 2013 na World Cup.

A relação Micro-Drive propõe a utilização de cassetes 9 a 34 e 9 a 36 dentes com 10 velocidades e coroas pequenas no pedivela, criando uma transmissão compacta, leve e que utiliza menos corrente, mas escalonada na mesma proporção, permitindo as mesmas combinações de engrenagens maiores.

A Hope Engeneering, fabricante de cubos e componentes no Reino Unido trabalha desde 2011 em seu projeto de 10 velocidades com Cog 9 dentes, prometendo atender bem tanto usuários do 1×10 quanto do 2×10, oferecendo uma gama de marchas cadenciadas e sustentáveis, tanto nas subidas quanto nas descidas, igualando a capacidade das coroas triplas. Neste projeto, as engrenagens ou Cogs são feitas em dois blocos, as cinco maiores rodas dentadas são usinadas em alumínio, enquanto o Cog de nove dentes e os outros quatro subsequentes são usinadoas a partir de uma peça única de aço liga, mas ainda há desgaste acentuado nos Cogs menores.
A Hope lançou o Cog de 10 dentes antes da Sram, em um conjunto de 4 Cogs crescentes, para ser montado em seus cubos utilizando as demais engrenagens do cassette da Shimano por exemplo.

img-Cassette_e_Freehub_Hope

O Freehub e o Cassette HOPE são compatíveis apenas com os cubos Hope Pro 3, Pro 2 e Evo.

Difícil de fabricar

A utilização de Cogs tão pequenos como este de 9 dentes barra muitos projetos, uma vez que seu diâmetro é menor que o dos rolamentos do Freehub (núcleo roda livre), forçando os engenheiros a criarem Freehubs com pontas mais finas e rolamentos mais recuados, permitindo a montagem de Cogs de 9 e 10 dentes, como é o caso das bikes equipadas com cassetes XX1. A Sram desenvolveu um corpo roda livre que suporta um Cog de 10 dentes, o XD Drive Body, disponível para qualquer fabricante de cubos que esteja interessado nessa linha mais competitiva, e atualmente 29 fabricantes de cubos operam com esse freehub.

img-Cassette_e_Freehub_Sram

Se a Sram aderir ao sistema Micro-Drive, o Super Cog 42 dentes não será mais necessário no Cassete XX1 para relação 1×11.

A japonesa Shimano não costuma ficar atrás, e deve estar testando projetos similares, já que neste ano apresentou seus grupos Dura Ace e XTR (Road Bike e MTB) com cassetes de 11 velocidades mas mantendo a configuração tradicional no seu freehub, onde o menor Cog é o de 11 dentes.

As opções para as montadoras são pedivelas duplas e triplas, equipando bikes de XC, All-Mountain e Sport, e a linha Saint com coroa única para Dirt e Downhill.

img-Cassette_e_Freehub_Shimano

A Shimano colocou um Cog 40 dentes em seu Cassette mais competitivo, mas manteve o menor com 11 dentes.

img-Pedivelas_Shimano_Deore_2_e_3_Coroas

Pedivelas duplas e triplas para a grande maioria das Mountain Bikes com equipamentos Shimano.

A todo memento engenheiros e ciclistas trabalham e testam novos projetos, ideias malucas, soluções criativas e obras de pura genialidade e audácia, e cabe a nós consumidores o veredito final, seja com 1, 2 ou 3 coroas, o que importa é pedalar e se divertir, usando tudo que nossas magrelas podem oferecer.

Para entender mais sobre cassetes e freehubs leia também o post.

Bom pedal!

Tags: , , , ,

Sobre o Autor

Edu Capivara é Delegado Internacional do Biketrial no Brasil desde 1991 e introdutor do esporte em meados da década de 80. É amigo pessoal de Pedro Pi, o inventor do Biketrial e de toda a cúpula da BIU (Biketrial International Union) . Profundo conhecedor do mundo da bike, começou suas aventuras em modalidades como o BMX e o Mountain Bike no início desses esportes no Brasil. Já participou de campeonatos mundiais de biketrial pelo mundo todo, inclusive do primeiro, em 1986 na Europa.

Comentários (50)

  1. Felipe Bastos

    Dei valor à explicação. Resta agora esperar a tecnologia se tornar mais popular (no meu caso), e já que os competidores já aderiram, é questão de tempo. Enquanto isso, vamos pedalar :-)

    Responder
    • Edu Capivara

      É isso aí Felipe, vamos aguardar a reação do mercado.
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder
  2. Tiago Fernandes

    Meus parabéns, ótimo artigo, muito bem explicado. Eu mesmo montei a relação da minha magrela, usando Cog 40dentes com cassette deore xt 10v, coroa single 36dentes, em uma 29er. No começo sofri um pouco em algumas subidas acentuadas, mas ja estou me acostumando. A vantagem é o ganho de tempo com passagem de marcha, e, como foi falado no artigo, vc fica mais concentrado com a pilotagem e elimina peso na bike.
    Valeu!

    Responder
    • Edu Capivara

      Que bacana Tiago, você é adepto ao 1×10. Você pode usar o Super Cog 42, alivia um pouco na subida, já que pedala com 36 no pedivela.
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder
  3. roberto wagner

    esse tipo de transmissão não iria desgastar muito rapido ? a corrente não trabalharia meio forçada?

    Responder
    • Edu Capivara

      Olá Roberto, tudo bem?
      A curvatura que a corrente faz entre o maior e o menor pinhão é grande, mas o desgaste maior percebido nos testes foi sobre o pinhão 9 dentes, uma peça muito pequena que recebe uma força de troque incrível.
      Eles estão estudando novos materiais e ligas de aço mais resistentes ao desgaste. O produto final ainda está fora do mercado, mas creio que entre ainda este ano.
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder
  4. Daniel Filho

    Olha Edu…parabéns pelo trabalho…gostaria de fazer uma “gambiarra” na minha bike…tenho uma Rocky Mountain hard tail equipada com grupo alívio 27v(11/34 — 22/32/44). Gostaria de usar duas coroas tbm, porém gosto muito do visual de uma única coroa, por isso pensei em colocar uma coroa narrow wide de 36 ou 38 dentes e deixar a coroinha de 22 pros paredões, mas faria a mudança manualmente….não participo de competições, apenas gosto muito de pedalar e superar desafios e obstáculos. O que vc acha? Acha que funcionaria? Obrigado.

    Responder
    • Edu Capivara

      Olá Daniel, tudo certo?
      Acho válido mas não acho prático. Ter que colocar a mão na corrente pra fazer a troca é chato, quebra o barato da pedalada. Manter a alavanca dianteira pode valer a pena, ela e o câmbio pesam no máximo 500Gr, dá pra levar…
      A praticidade de uma coroa é que é legal, mas exige o Super Cog, criado para Cassettes de 10 velocidades. A adaptação para seu Cassette é possível, mas trabalhosa.
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder
  5. Wledenir

    Opa, tenho muita vontade simplificar minha bike, mas pretendo gastar o menos possível. Preciso de umas dicas de quem entende ;) Tenho um cassete xtr cs m970 9v, pe de vela SLX. Câmbio XTR. A dúvida é: Consigo adaptar o cog 42 neste mesmo cassete? Caso eu use a coroa do meio deste meu pe de vela com uma guia de corrente, fica bom? E se eu comprar uma coroa wolftooth por ex, garante que não cai a corrente? Ou mesmo assim ela pode cair? Desde já agradeço as dicas, parabéns pelo site.

    Responder
    • Edu Capivara

      Olá Wledenir, tudo certo?
      Fiz esta adaptação na minha bike tempos atrás, e a corrente caia de vez em quando, mesmo com o guia. O certo é a coroa Narrow mesmo.
      O espaçamento entre as engrenagens dos Cassettes de 9 e 10 velocidades são diferentes, e você terá que afastar o Super Cog entre 2 e 3 décimos de milímetro da sua última engrenagem original, para que a passagem da corrente tenha indexação normal e não agarre.
      As coroas e Cogs da Nottable (a venda em nossa loja virtual) são ótimas e com excelente custo benefício, dê uma olhada. loja.pedaleria.com
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder
  6. taleriga

    Boa tarde Edu, pedalo com pedivela XT 22x32x42 e uma cassete 9V shimano CS61HG 12×36, dá para adaptar este COG 40, fica bom???abs

    Responder
    • Edu Capivara

      Olá Taleriga, tudo certo?
      É possível fazer a adaptação mas é um pouco mais complicada.
      Os Super Cogs foram criadas para relações de 10 velocidades, os Cassettes e correntes de 10V são diferentes dos de 9V, correntes mais finas e espaços menores entre os Cogs. Como o seu é de 9V, o espaçamento original no Super Cog será pouco, pois sua corrente é mais grossa (de 2 a 4 décimos). Parece pouco mas já é o suficiente para travar a corrente entre seu último Cog e o Super Cog.
      Será preciso colocar um disco espaçador entre eles, acredito que a espessura da folha de uma garrafa Pet por exemplo. No mais, os processos serão iguais, tirar rebites do Cassette, etc.
      Outra coisa, seu maior Cog deve ser de 36 dentes, para a corrente não tocar nos espaçadores originais do Super Cog.
      Espero ter ajudado!
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder
  7. Wellington

    Eae Edu,eu tava pensando em troca meu cambio traseiro, pra um Shimano Alivio 9v, só que meu cassete é de 7v e por enquanto não tenho condições de troca será que da certo? :)

    Responder
    • Edu Capivara

      Oi Wellington, tudo certo?
      Os câmbios possuem regulagens para alcançar engrenagens de vários números, você pode colocar o câmbio de 9 para Cassette de 7 velocidades, pois quem manda na coisa é a alavanca de mudança, ela é que vai controlar quantas marchas o câmbio irá alcançar.
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder
  8. rafael

    Ola Edu td bem? muito obg pelas dicas…pedalo com uma relacao de 27v e gostaria de colocar o esquema da 1×10…. cambio traseiro aLivio e cassete 9v…é possivel? sendo pedevela octalink a narrow serviria? Qual super cog vc aconselha obg abs

    Responder
    • Edu Capivara

      Oi Rafa;
      As coroa Narrow Wide são pra BCD 104, verifique se o seu pedivela tem coroas removíveis e faça a medição seguindo os passos desta matéria: http://pedaleria.com/relacoes-de-marchas/
      A adaptação para Cassettes de 9 velocidades é mais complicada, tem que ser no Cassette 12-36, o seu é esse?
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder
  9. julio

    Boa tarde
    Quero mudar a relação pra 1×10 essa coroa fabricado no Brasil serve direito no XT 3×10 ?

    Responder
    • Edu Capivara

      Oi Julio, tudo certo?
      Serve desde que o BCD se do seu XT seja 104mm, já conferiu isso?
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder
  10. julio

    A relação dele e 24/32/42 ,bcd dele 104 não e .?

    Responder
  11. Jackson Bike tour

    Boa tarde Edu,
    Tenho uma bike 27,5 com 3 coroas, tem como mudar para 2, >52/39 ?

    Responder
    • Edu Capivara

      Oi Jackson, tudo certo?
      Quer colocar relação de Road Bike? Se for isso, observe alguma limitações que podem atrapalhar:
      1- A coroa 52 pode ficar muito próxima do quadro no chain stay. Pelo fato de ser bem maior, ela avança mais em direção a traseira do quadro, verifique se eixo central deve ser maior para afastá-la do quadro.
      2- Sua alavanca de mudança ficará com um opção vaga, a menos que seja Shimano SLX em diante, com a opção de 3×10 ou 2×10 na própria alavanca.
      3- Aumentar a corrente em proporção ao aumento do número de dentes da coroa maior.
      4- Ajustar a altura do câmbio dianteiro para alcançar a nova engrenagem.

      Fora isso, PERNA pra tocar essa relação!
      Boa sorte, abraços;
      Edu Capivara

      Responder
  12. bruno calixto de oliveira

    ola bom dia a todos da pedaleria
    Gostaria que voces pudessem me ajudar a montar uma bike para minha esposa.
    estou montando uma bike full,no caso uma GIANT TRANCE X tamanho M aro 26
    a duvida é a seguinte; qual relaçao usar,pedalamos em estradoês de terra esigle tracks media de 30km a 60km por pedal com variacoês de subidas e descida,afinal estamos em BH/MG gostaria de saber qual seria a relaçao ideal para ela; Já que amesma pedala numa bike de 27v, e tem muita dificuldade de passar as marchas do cambio dianteira,creio que talves uma relaçao de 20v ela se adapta melhor do que a de 30v. Será que se ela usar a de20v ela vá perder nas subidas em relaçao a relaçao de 30v ? qual dessas seriamelhor para ela 10V,11V,20V,30V ? Pretendo usar shimano deore ou slx,creio que tem omelhor custo beneficio. O quadro eu comprei em 2010 e so agora pretendo montar para ela,e qual seria a suspensao correta para esse quadro uma 100mm ou 120mm????? no mais meu muito obrigado e fico no aguardo.

    Responder
    • Edu Capivara

      Oi Bruno, te respondi isso em outra rede social, você viu?
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder
  13. bruno calixto de oliveira

    não consegui localizar

    Responder
  14. Michel Saviski

    Boa tarde Edu.
    Não sei se alguém ja te pergunto, mas é possível montar um pedivela 38 44 48? tenho um pedivela alivio 22 32 44. Se possível a questão é a seguinte, uso a bike mais pra cidade e mesmo nas estradas de terra eu noto que falta velocidade e sobra impulso das pernas, até hj nunca usei a coroa 22, a coroa 32 quase nem uso e a 44 chego ao limite e sinto que ainda daria mais velocidade mas a relação 44 x 11 só chego a no máximo 55km\h.

    Responder
    • Edu Capivara

      Não dá Michel, no lugar da coroinha, só ela mesmo, não teria como fixar outra coroa grande. Você resolve isso colocando relação de Road Bike, 39 – 50 ou 40 – 53, e pode aumentar um pouco a pequena, 26 ou 28 dentes.
      Sua final pode aumentar muito, já cheguei a 79 em descida forte em estrada em Goiás, usando 48×11.
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder
  15. Nilson

    Olá, Edu. Tudo bom? eu vi seu vídeo: “Quer instalar mais marchas na bicicleta?” e fiquei com uma dúvida. qualquer cambio para 8 ou 9 marchas funcionaram em um cassete com dez, só basta ter o trocador correto? não faz diferença nenhuma uma cambio para nove de um para dez? não tem diferença nas molas, estrutura ou roldanas?

    Responder
    • Edu Capivara

      Oi Nilson, todos os câmbios “alcançam” cassettes de 10 velocidades, mas os ajustes de engate do pinhão menor pode ser difícil de conseguir (eu já fiz), tive que verificar até o alinhamento da gancheira.
      Não esqueça de trocara corrente também!
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder
  16. Felipe Antônio

    Olá Edu; Gostaria de saber se o pedivela sram gxp 165mm de DOWHILL 73mm serviria para usar em uma mountain bike com uma coroa “direct mount” com o grupo sram xx1 11v? No momento não conheço nenhum pedivela sram gxp com os braços no tamanho 165mm!!!

    Responder
    • Edu Capivara

      Oi Felipe, no MTB XC é utilizado pedivelas mais longos, 165 é pra giro rápido em pista curta, não vai ficar bom, só pra DH e Freeride mesmo.
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder
  17. Manoel Júnior

    Edu gosto muito de todos os seus vídeos! Quero uma dica sua, tenho uma tsw com kit alivio, pedivela 4050 bcd 96 e quero muito transformar a 3 x 9 27v em 2 x 9 18v ms a grana ta curta para comprar um pedivela deore m615 38-26, e coroa index 38 para bcd 96 não encontro o que posso fazer?

    Responder
    • Edu Capivara

      Oi Manoel, você pode comprar uma pedivela desmontada (usada), pra não pagar por coroas que não vai usar. Outra saída é comprar a coroa certa no Ebay, tem ótimas ofertas lá – verifique quanto é o frete, pra valer a pena o negócio!
      Boa sorte!
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder
      • Manoel Júnior

        Obrigado pela atenção Edu…

        Responder
  18. Júnior

    Olá Edu, estou fazendo a mudança para 1×9 alivio com uma coroa 32t bcd, porém, quero saber, preciso do guia de corrente?

    Responder
    • Edu Capivara

      Oi Júnior, com Coroa Narrow e corrente no tamanho exato não precisa de guia de corrente, mas o chainline tem que ser perfeito (coroa alinhada com o cog central do cassette.
      Boa sorte!
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder
      • Júnior

        Valew Edu, muito obg e sucesso!!

        Responder
        • Edu Capivara

          Valeu Júnior, abraços!
          Edu Capivara

          Responder
  19. MARCOS

    ola edu , bom dia , tenho uma duvida .
    minha bike é composta de 27v , porem quero muito fazer um upgrade nela , trocando o pedivelas que ela tem , por um deore m615 , gostaria de saber se posso faze-lo , se vai funcionar bem ?
    no caso de sua resposta for ” NÃO ” , por favor , me indique qual o modelo Deore correto .
    att Marquinhos

    Responder
    • Edu Capivara

      Oi Marcos, existem várias pedivelas que ficariam bem na sua bike, o que você deve levar em conta, é que algumas possuem eixo integrado as braço, exigindo caixa central tipo Hollowtech 2 (caixas externas ao quadro). Se a sua pedivela atual for para eixo Square (quadrado), ou Octalink, terá que comprar também o central na troca das pedivelas. Falando de peças de 2016 e 2017 por exemplo, os grupos Alivio, Deore e SLX são todos com eixo integrado (caixas Hollowtech 2), nos grupos Altus e outros abaixo, os eixos são Square e Octalink.
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder
  20. Eliezer Sossai

    Boa tarde. Vc acha possível usar o k7 sram Xg 1150 de 11v (10×42) numa relação de 10 velocidades? Minha intenção seria tirar dois cogs e acrescentar um super cog de 46 dentes. Com a forma de sacar os rebites que vc ensinou… Ficaria então uma relação de 10 velocidades porém 10×46. Por favor se puder me ajudar, meu passador é um Slx de 10 vel. Cage longo com alongador de gancheira. Obrigado

    Responder
    • Edu Capivara

      Não dá Eliezer. o espaçamento entre os cog é diferente, irá precisar da corrente e da alavanca de mudança de 11 velocidades.
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder
  21. Eliezer Sossai

    Obrigado Edu!
    A corrente iria trocar mesmo!
    Perdoe a minha ignorância, se vou manter o câmbio traseiro de 10 velocidades (SLX), pois o k7 ficará com 10 cogs, 10,12,16,21,24,28,32,36,42,46, pq tenho que trocar o passador para um de 11velocidades?
    Muito obrigado por sua atenção!

    Responder
    • Edu Capivara

      Valeu Eliezer, muita sorte e ótimo pedal para você!
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder
  22. Fabio Pereira

    Bom dia. Edu Capivara estou pesquisando pra comprar uma MTB 29 pra fazer trilhas com algumas subidas nada muito agressivo. Minha duvida e qual o grupo de marchas bom pra equipar a bicicleta DEORE ALIVIO da SHIMANO ou algum da linha SRAM? Estou na duvida qual deles e mais duravel e moderno.

    Responder
    • Edu Capivara

      Oi Fabio, o grupo Alivio atual é muito bom, mas o Deore já entra na linha das competições, trilhas mais pesadas, na Sram, o equivalente é o grupo X7.
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder
  23. Binho RbSoft

    Do jeito que eu sou doido por relação pesada, iria querer um cog de 9 ou 10 com a coroa de 48… Já estou achando 11 muito dente… Hoje eu tenho 11-32 no K7 e 28/38/48 no pedivela. Para ter +/- o mesmo numa single com cog de 9, precisaria de coroa de 40, o que me levaria a um super cog de 46… O artigo é de 2015 e hoje, 2 anos depois, ainda não vejo configuração single que se iguale a coroa tripla. Coroa dupla, talvez. Eu, particularmente, dificilmente abandonaria coroa tripla por dupla… E single, por enquanto, para ter uma boa gama, parece lenda.

    Responder
    • Edu Capivara

      É verdade Binho, se coloca coroa pequena, falta final, se coloca coroa grande falta redução pra enfrentar subidas fortes, por isso a Sram lançou o Eagle 10/50, assim você fica coberto dos 2 lados, podendo usar coroas maiores.
      Abraços;
      Edu Capivara

      Responder

Deixe uma resposta